Prefeito não foi eleito para roubar

A Operação Geleira deflagrada no Piauí nesta quarta-feira (19/1/11) pela Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU) investiga pelo menos oito prefeitos que estariam desviando recursos federais há mais de dois anos. Prefeitos piauienses estão sempre em Brasília de pires na mão e chorando miséria, mas a PF e a CGU acusam o conluio com o crime daqueles que mais deveriam zelar pelos municípios. Ou os prefeitos se tornam prefeitos  de fato ou começarão a ser vistos cada vez mais com total desconfiança. Eles não foram eleitos para roubar. Eles foram eleitos para ajudar a melhorar a vida coletiva e pública.  A Operação Geleira deve servir de exemplo aos que pretendem no futuro fazer promessas de campanha, mas já estejam cheios de más intenções. Chega de prefeitos que só querem meter a mão!
Mauro Sampaio (Brasília)

Deixe uma resposta