PESQUISAS FORJADAS E INSTITUTOS MENTIROSOS

Dois estatísticos do Piauí – Batista Teles e Paulo Jales –
se pronunciaram esta semana sobre denúncias de que Institutos de pesquisas
estariam negociando resultados com grupos políticos.
Para Batista Teles, existem aqueles que se iludem quando as
pesquisas são adulteradas, colocando determinado candidato à frente.”Procuram
usar as pesquiss como peça de propaganda”, disse. Batista Teles é do Instituto
Amostragem, antigo IPOP.
Paulo Jales, do Instituto Jales,
“disse que tem se deparado com casos absurdos, como pesquisas com duas ou três
margens de erro, e institutos que divulgam nome de especialista de outrs
regiões como responsável pela pesquisa. Paulo Jales reconhece também a
existência de “pseudo- institutos”, ou seja, falsos
Ontem foi a vez do Instituto Vox
Populi acusar o Data Folha de manipular a pesquisa sobre o julgamento do
mensalão cujo resultado diz que 73% da população deseja cadeia para os
acusados. Está, portanto, aberta a guerra entre Institutos.
É de se perguntar:Se os
Institutos não são confiáveis, por que tanta gente encomenda pesquisa, paga caro e aguarda
com tanta ansiedade os resultados?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *