Promessas, promessas

Os candidatos a prefeito de Teresina precisam estar atentos às reações do povo em relação ao tratamento que o Piauí tem recebido do governo Federal nos últimos tempos, sendo o Estado mais discriminado, negativamente, do Nordeste. Até o governo Lula, todos os Estados nordestinos eram discriminados pela equipe sulista das gestões de Fernando Henrique Cardoso e antecessores. De Lula para cá, os Estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e até o vizinho Maranhão, mudaram o panorâma de infraestrutura e econômico pelas grandes obras alavacandas pela administração Federal. Portos, aeroportos, promessas de siderurgicas e refinarias, indústria automobilística, estradas, ferrovias, são vistas sendo implantadas em todos os Estados, enquanto no Piauí, não há sequer a esperança de duplicação das entradas das duas rodovias federais que cortam Teresina. Sem falar na vergonha do velho aeroporto de Teresina, do porto de Luís Correia que há 40 anos aguarda uma providência para ser concluído. Lula disse ontem, em programa eleitoral, que no seu governo recebeu muitos pedidos pelo Piaui, mas pelo visto, se atendeu alguma coisa, foi irrelevante para marcar o desenvolvimento do Estado. Dilma parece estar repetindo o antecessor.
Por:Arimatéia Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *