ARROMBANDO A FESTA

O PT comemorou 35 anos de fundação no final de semana. Devo uma mensagem ao partido pela data. Aqui vai ela. Nestas três décadas e meia, o Brasil mudou muito. E o Partido dos Trabalhadores, mais ainda. As mudanças melhoraram o país em muitos aspectos e o pioram em muitos outros, também. Em relação ao PT, elas deixaram o partido irreconhecível.
O PT nasceu empunhando as bandeiras da ética na política e na administração pública. Durante muito tempo, brigou em praça pública pela transparência na gestão pública e contra o nepotismo. Denunciou a malandragem da política atrasada e viciada no fisiologismo e na corrupção, nas licitações públicas fraudulentas e nos contratos de compadrio.
Também denunciou as alianças políticas espúrias, negou seu apoio para projetos prejudiciais ao interesse coletivo e levou às barras da Justiça as maracutaias tramadas em gabinetes oficiais.O partido começou a abandonar estas bandeiras, entretanto, quando passou a desconfiar que elas não o levariam ao poder central.
Então, a partir de 2002, com 22 anos de militância, o PT se reinventava e passava a fazer alianças pragmáticas para a conquista do poder. Alcançada Presidência da República, aprofundava essas alianças para nele se manter. De repente, os petistas estavam cercados dos que tanto execraram nos palanques pela vida afora como inimigos do povo e ladrões da pátria.
Não demorou e o partido afundou o maior escândalo do novo século, o mensalão, que levou depois meia República para a cadeia. Agora, nas comemorações de seus 35 anos, o PT atola outra vez no mar de lama que é o escândalo da Petrobras. O partido é acusado de ter recebido de propinas só de contratos da estatal meio bilhão de reais ao longo dos últimos dez anos.
O PT está irado com a imprensa por estar divulgando as denúncias dessas falcatruas. E se elas não forem as últimas? Falta abrir ainda outras caixas-pretas, como as da Eletrobras, do Dnit, fundos de pensão, Caixa Econômica, BNDES e Banco do Brasil… De fato, a mídia está fazendo tudo para estragar a festa de aniversário do PT!(Por: Zózimo Tavares)
EDIÇÃO:BERNARDO SILVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *