Carnaval: Vereador Ricardo Veras reivindica aumento capacidade de atendimentos do SAMU

Atendendo a
requerimento verbal, de autoria do vereador Ricardo Véras (PDC), a Câmara
Municipal aprovou na noite desta quarta feira o pedido para que o Coordenador
do SAMU, Márcio Silva, veja a possibilidade de ampliação da capacidade de
atendimentos das equipes do SAMU em Parnaíba, durante o período de carnaval.
                                         Ricardo Véras
Justificando seu
requerimento, Ricardo disse que o carnaval parnaibano já é regional,
considerando principalmente a situação atual, quando muitos municípios da
região não vão promover nenhum tipo de festividade, durante o reinado de Momo,
atendendo recomendação proibitiva do Ministério Público estadual.
“Que esses
atendimentos possam ser ampliados, porque vai aumentar a quantidade de pessoas
aqui” pediu Ricardo Véras, destacando que na segunda feira o prefeito
Florentino Neto entregou uma nova
ambulância de suporte avançado para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
(SAMU). A unidade foi adquirida com recursos próprios do município, da ordem de
220 mil reais, para o atendimento à população. De acordo com o vereador,
em março o coordenador do SAMU, juntamente com a secretária de saúde Maria do
Amparo irão a Brasília em busca de mais investimentos para o setor.
Em aparte, o vereador
Carlson Pessoa lembrou a necessidade que a prefeitura tem, ao ampliar esses
atendimentos no carnaval, de “olhar a questão do servidor que vai trabalhar em
sistema diferenciado”. Ele também lembrou da precariedade de atendimento nos
postos de saúde do município. “Não se justifica ele gastar recursos próprios da
prefeitura comprando ambulâncias, quando existem centenas delas paradas nos
pátios do Ministério da Saúde, conforme se vê na imprensa”, disse o vereador,
evidenciando a falta de prestígio do prefeito e dos políticos que apoia, junto
às esferas federais.
Ricardo Véras disse
reconhecer a burocracia em Brasília para a aquisição de novas ambulâncias, mas
que o assunto vai ser tratado em março no distrito federal pela secretária de
saúde e o coordenador do SAMU. Ele aproveitou para destacar os investimentos
que estão sendo feitos pelo atual governo e que já  são notados no Hospital Dirceu Arcoverde.  “O tomógrafo, por exemplo, parado há quase 4
anos, está recebendo as equipes para voltar a funcionar, além do laboratório do
hospital, que não fazia nenhum tipo de exame, será reativado”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *