Mão Santa ainda espera que a Justiça casse mandato de Ciro Nogueira

O ex-senador Mão Santa (PSC) afirmou no início da tarde desta quarta-feira (11/02) que ainda espera a decisão da Justiça para tomar posse como senador, na vaga ocupada hoje por Ciro Nogueira (PP). O processo movido contra o presidente nacional do PP está no Supremo Tribunal Federal nas mãos do ministro Dias Tóffoli.
No processo eleitoral de 2010, Mão Santa disputava uma vaga no Senado e foi derrotado por Ciro. Logo após o resultado do pleito, ele ingressou na Justiça Eleitoral acusando o progressista de crimes eleitorais. A ação também alcança os suplentes do senador eleito, João Claudino Fernandes e Amauri Correia.
Segundo a denúncia, provas colhidas em cidades como Piripiri e Luís Correia, apontam que houve compra de votos. A ação envolve ainda o ministro Alexandre Padilha, acusado de ter interferido diretamente no processo eleitoral do Piauí no pleito passado.
Mão Santa afirma que avalia a possibilidade de ser candidato ao Senado em 2018. “Eu tenho que esperar o resultado desse processo. Ninguém sabe o que vai acontecer porque o Brasil é desse jeito. O povo está cansado e está começando a ir para rua. O Poder Legislativo é o mais caro e o mais corrupto do mundo”, afirmou.
Mão Santa destaca que o Brasil e o Piauí vivem um período de caos provocado pela corrupção. “O país não existe, é um país destruído. Acabou a decência no Brasil e no Piauí. Em um país que se mata um jovem por um tênis é uma barbárie. Não somos sociedade é uma barbárie. Estou aguardando as coisas. Tenho profissão, sou médico e atuo na Santa Casa. A consulta do SUS é R$ 4,50. É uma vergonha. Faço porque gosto e me sinto muito feliz”, comentou.(Lídia Brito)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *