OBSERVATÓRIO (A Coluna do B. Silva)

EDITORIAL:
Pelo menos para a classe política 2015 começa, de fato,
somente a partir de hoje (23). Folgados, os detentores de mandatos se deram ao
luxo de jogarem para o alto suas responsabilidades desde o início do mês,
deixando o carnaval passar para mostrarem alguma forma de trabalho, o que deve
ser acontecer a partir desta semana. Aqui no Piauí, várias secretarias de
governo continuam sem seus titulares, porque o governador Wellington Dias assim
o deseja. E secretarias importantes como: educação e segurança pública continuam
sendo comandadas por interinos, porque os titulares, que são deputados
federais, ainda não sabem se trocam as mordomias de Brasília pelas do Estado do
Piauí. Passados apenas pouco mais de um mês e meio do seu governo Wellington
Dias já mostra que seu estilo será o mesmo de quando governou o Piauí de 2003
até março 2010. Muito blá-blá-blá e muitos sorrisos para os holofotes. Um
governo midiático, com muitos anúncios de recursos, promessas de grandes obras,
anúncios parcerias com o governo da “cumpanhêra
Dilma e só. Um governo de nhém-nhém-nhém…
Audiências
Públicas
Esta semana a Câmara Municipal de Parnaíba já vai para
sua 3ª audiência pública este ano. A primeira em janeiro, tratando do problema da
lagoa do Portinho que secou. A segunda, proposta pela vereadora Neta, no início
do mês, tratou da segurança pública na cidade. Quarta feira, a terceira
audiência, tratará da mudança dos horários de funcionamento de cartórios da
cidade. O vereador Carlson Pessoa sugeriu a 1ª e a 3ª.
Prefeitura
enxuta
Ouvimos na Câmara Municipal no início do mês, dito por
vereadores da base do prefeito, que a prefeitura de Parnaíba está enxuta, sem
débitos. Aliás, o próprio prefeito vem apregoando isso desde que assumiu, em
janeiro de 2013. Diante disso o povo quer saber: já há previsão do pagamento da
premiação das escolas e blocos do carnaval 2015? Ou vai começar a mesma novela
de todos os anos?!
Dinheiro
do carnaval
Dizem que no carnaval a Prefeitura gostou quase R$
1.000.000,00 (hum milhão de reais) para alugar palco, arquibancada, banheiros,
som e contratar trio e bandas de música. Tudo sem licitação. E pode?! A empresa
contemplada seria a “Calor Produções”, do Sr. Paulo Guimarães. É preciso que se esclareça isso.
DEU NA IMPRENSA:
##Rejane
Dias sofre preconceito da Revista Nova Escola, editora Abril, por não ter
formação em Educação e assumir a pasta
##Silas
Freire deve ocupar como deputado federal o pior gabinete da Câmara. Nem banheiro
tem…
##A Santa Casa de Misericórdia de
Parnaíba, pagou mais de 600 mil reais em dividas, e hoje só compra à vista.
FGTS e PIS foram parcelados e já estão sendo pagos religiosamente.(Escrita Por Bernardo Silva)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *