Operação apreende mercadorias irregulares na região de Parnaíba

O montante das mercadorias em descaminho e desacompanhadas de nota fiscal, é de R$ 102.580,00. Foram arrecadados quase R$ 31 mil.

Operação apreende mercadorias irregulares na região de Parnaíba.
O montante das mercadorias em descaminho e desacompanhadas de nota fiscal, é de R$ 102.580,00. Foram arrecadados quase R$ 31 mil.
A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Ordem Tributária e as Relações de Consumo (Deccoterc) e a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) apreenderam cerca de R$ 102.580,00 em mercadorias irregulares na região de Parnaíba. Essa ação, que foi realizada em conjunto com outros órgãos envolvidos na Operação Integração, possibilitou arrecadar para os cofres públicos R$ 30.963,65, entre ICMS e multas.
Entre as mercadorias flagradas estão madeira serrada, estrutura de aço, eletrônicos, biscoitos, confecções, armações para óculos, bijuterias, carne bovina, caranguejo e ostra.
Foram realizadas blitzen no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizado na entrada da cidade de Parnaíba, na BR 343, e diligências na região, sendo detectadas as seguintes irregularidades: mercadorias em descaminho e desacobertadas de notas fiscais, o que é considerado crime contra ordem tributária e uma infração fiscal.
Esse tipo de ilícitos tributários, sobre diversas formas de evasão fiscal, é danoso para os cofres públicos, para a sociedade e para os empresários que trabalham corretamente, pois provoca uma verdadeira concorrência desleal, favorecendo aos que praticam crimes e falcatruas em detrimento de quem se esforça para cumprir com suas obrigações fiscais.
Participaram da Operação os seguintes agentes do COE/Cofit/Deccoterc/PRF/BPRE: CleIton Pereira (Coordenador da COFIT), Evandro Pinheiro, Carlito Miranda, Robert Melão e delegado José João Pereira, o Jota Jota.(Fonte: Luciana Azevedo / Sefaz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *