‘Desgaste’ de secretários do Governo é acompanhado de forma inédita; confira

Uma medida tida como inédita dentro da Comunicação do Governo de Wellington Dias está monitorando com lupa a sua própria imagem como um todo e, pormenorizadamente, de todos os secretários visando detectar aqueles mais fragilizados perante a mídia e a opinião pública, ou ainda com problemas em sua gestão que não chegaram ainda à imprensa.
A CCOM também usa informações extraídas da Ouvidoria, que tem à frente Soraya Castelo Branco. Com isso, se reúnem, semanalmente, com o secretário da respectiva área e procuram sugerir situações para que possa mitigar o desgaste ‘localizado’ perante a sociedade, evitando se tornar uma espécie de maçã podre, que contamine todo o conjunto.
O objetivo é manter a imagem do governo como um todo sempre altiva, uníssona e pujante.
Há um grupo específico para esse acompanhamento, chamado de Comitê de Avaliação da Imagem do Governo.
Seus integrantes são o próprio coordenador de Comunicação Social João Rodrigues; odiretor de Jornalismo da CCOM, da equipe de governo e das secretarias, Alisson Barcelar; e ainda a ouvidora Soraia Castelo Branco.
OS MAIS PROBLEMÁTICOS
Os setores mais sensíveis até agora, detectados dentro do órgão são: Secretarias de Saúde, Segurança e Educação e a Agespisa.
O Comitê também trabalha tentando antecipar crises. “Então, de acordo com o desgaste na imprensa e na administração também, a gente tenta atuar”, disse Barcelar.
PREOCUPAÇÃO COM A IMAGEM
O governador Wellington Dias quer o menor desgaste possível perante a mídia, para que assim, seus tropeços administrativos não cheguem ao conhecimento de todos.(Rômulo Rocha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *