No Piauí, nada de cargos Federais até agora

Até agora nenhum dos cargos federais foi preenchido no Estado do Piauí e parece que não tem prazo para isso. O senador Ciro Nogueira (PP) afirmou que não há qualquer sinalização neste momento para a nomeação dos cargos federais no Estado. Segundo o senador não há previsão e está tudo parado.

Parece que a crise política do Governo de Dilma Rousseff teve mais este reflexo, a não nomeação dos 15 cargos federais existentes no Piauí. Os nomes dos indicados para chefiar os órgãos foram divulgados e analisados pela Agencia Brasileira de Inteligência – Abin, mas nada de informação da Casa Civil da Presidência sobre as nomeações. A crise política atrapalhou as nomeações.
Outra justificativa que foi dada para a demora era que a presidente só liberaria as nomeações depois da votação do Orçamento da União, o que aconteceu nesta semana.
Parece que os indicados do PT, PTB, PP e PMDB ainda vão esperar um pouco.,
Veja alguns dos nomes e o cargos
Elmano Férrer (PTB): DNIT – Ribamar Bastos

Regina Sousa (PT): FUNASA ,- Evaldo Ciríaco
Assis Carvalho (PT): Delegacia do Ministério do Desenvolvimento Agrário – Marcelo Mascarenha,
Rejane Dias (PT): INCRA – José Barros
Fábio Abreu (PTB) – Superintendência da Pesca – Antônio Abreu Filho e CPRM,-,Pedro Couto,
No Piauí são 15 autarquias federais e faltaram os nomes das indicações da Codevasf – Ciro Nogueira (PP), SPU e Delegacia da Agricultura – Paes Landim (PTB), INSS e Chesf – Assis Carvalho (PT), Conab – Marcelo Castro (PMDB), IBAMA – Rejane Dias (PT), DNOCS e Correios Iracema Portela (PP).(Blog do Bira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *