Vem aí um novo partido: o de Erundina

Dissidente da Rede, da qual era porta-voz em SP, o historiador Célio Turino é agora um dos líderes da fundação de um novo partido, o Raiz Movimento Cidadanista. No dia 27, será lançado um manifesto com as bases da futura legenda. “A ideia é fazer o inverso da Rede [sigla que a ex-senadora Marina Silva tenta viabilizar]: primeiro organizar grupos pelo Brasil e depois coletar as assinaturas”, diz ele. A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna da Folha de S.Paulo desta segunda-feira.

A deputada federal Luiza Erundina participa da criação do Raiz, — revela a colunista — embora siga no PSB. “O partido nos dá liberdade para pensar. Não tive que pedir autorização. Não me sinto coagida a ficar a qualquer custo no partido. Estou construindo o Raiz ao mesmo tempo em que exerço o meu mandato”, afirma ela.

Segundo Erundina, a ideia é montar uma organização política “de baixo para cima”, numa busca “de superação da crise atual, que não é só deste governo, é de um sistema que se exauriu”. Afirma a deputada: “É uma construção coletiva, quebrando o padrão de partido hierarquizado, com chefes, donos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *