Vereador Carlson Pessoa detecta sinais de independência dos vereadores parnaibanos

Vereador Carlson 
O que aparentava ser apenas uma simples substituição de nomes terminou
sendo uma disputada eleição o preenchimento ontem dos cargos de corregedor da
Câmara e presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final, que
estavam vagos com a saída do suplente de vereador Reinaldo Filho e o retorno do
titular da cadeira, vereador João Câncio Rodrigues Neto.
Se o presidente da Casa, vereador Gustavo Lima, pensava se
tratar de uma simples substituição de nomes surpreendeu-se quando o vereador
Carlson Pessoa colocou-se à disposição para disputar com o vereador Neto o cargo
de Corregedor e o vereador André Neves, concorrendo também com Neto, o cargo de
presidente da Comissão de Constituição e Justiça.
O Vereador João Câncio Neto, ao final, ganhou as duas
funções, é verdade, até porque a bancada do prefeito Florentino Neto é
infinitamente superior, restando na oposição apenas os vereadores Bernardo
Rocha, André Neves e Carlson Pessoa. Ou seja, de 17 vereadores , 14 são
governo. Carlson obteve 7 votos para corregedor, contra 9 de Neto( o presidente
Gustavo só vota – deve ser assim-  em caso de desempate); André Neves teve 6 para a Comissão de
Constituição, contra 10 de Neto.
“Estou em êxtase com a minha votação. Não esperava os 7
votos. Nem fiz campanha”, disse Carlson Pessoa ao final, destacando que isso
representa mudança e independência no Legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *