Marta sai do PT hoje: “PT traiu princípios”

A senadora Marta Suplicy formaliza nesta terça-feira sua desfiliação do PT depois de 33 anos. Na carta em que justifica a saída Marta diz: “No meu sentir, e de toda a nação, os princípios e o programa partidário do PT nunca foram tão renegados pela própria agremiação, de forma reiterada e persistente”.

Para se precaver de uma esperada tentativa do partido de reivindicar seu mandato, a senadora afirma que o PT “se afastou completamente” dos princípios que a levaram a ajudar a criá-lo. A informação é de Vera Magalhães, hoje na Folha de S.Paulo.

Na carta, de quatro páginas, — diz a colunista –, Marta discute a titularidade do mandato ao afirmar que teve em 2010 mais de 8 milhões de votos e, por isso, deve fidelidade primeiro aos eleitores.No documento — que será protocolado à tarde, simultaneamente nos diretórios municipal, estadual e nacional do PT e na Justiça Eleitoral — Marta não cita nem Lula nem a presidente Dilma Rousseff.
A senadora não anunciará imediatamente seu destino.
Ficará sem partido por algum tempo, enquanto prepara sua filiação ao PSB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *