Codevasf e Semar trabalham para conter 810 hectares de dunas do litoral

Pelo menos 810 hectares de dunas ameaçam soterrar o patrimônio público e privado do litoral piauiense. Para isso, está sendo executado em Ilha Grande do 

Piauí o Programa de Controle Ambiental de Dunas, em uma parceria entre a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que já tem tido resultados positivos. 
O trabalho está sendo executado com Recursos do PAC-2, estimados em R$ 2,1 milhões e consiste no controle do avanço das massas de areia que têm avançado sobre as cidades.
De acordo com o superintendente de Recursos Hídricos da Semar, Romildo Mafra, a contenção é feita com a utilização de plantas como o capim açu, o cajueiro nativo e um derivado da casca de coco.

Durante visita técnica realizada no local de implantação do projeto, foram constatados os serviços realizados na 1ª etapa executada e como as plantas introduzidas no local estão se comportando nesse momento de transição do período chuvoso para o período seco.
O superintendente disse que ficou impressionado com a qualidade e eficácia da metodologia empregada em Ilha Grande. “É importante que as comunidades fiquem conscientes de como é feito e como deve ser preservado este trabalho, para que possamos alcançar êxito”, ressalta.
A arquiteta e Gerente de Projetos, Lia Freitas ressaltou que a continuidade do trabalho em Ilha Grande é uma prioridade da atual gestão. “Não mediremos esforços para alcançar mais recursos para execução das próximas etapas, enfatiza Lia Freitas.(Cidadeverde.com)
Edição:Bernardo Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *