Polícia prende donos de pontos de xerox na UFPI e Uninovafapi

Uma operação denominada “Copiadora”, deflagrada em Teresina em parceria entre a Secretaria de Fazenda do Estado do Piauí (Sefaz) e a Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Contra as Relações de Consumo (Deccortec), visa prender acusados de violarem direitos autorais de material destinado ao curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e da Uninovafapi.
De acordo com a assessoria de comunicação da Sefaz, a polícia já realizou a apreensão de material em pontos de xerox nas duas universidades. A operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (14/05).

De acordo com a Deccortec, o material que estava sendo impresso e comercializado ao valor de R$ 118 tem os direitos autorias vinculados ao Med Curso, que ministra cursos para residentes de medicina em todo o país. As cópias eram vendidas sem nota fiscal. 

De acordo com o delegado João José, o JJ, a Med Curso foi quem formalizou a denúncia à Deccortec. “A empresa procurou a delegacia e informou que estava acontecendo a situação. Conseguimos prender duas pessoas em flagrante e poderemos realizar novas prisões. Vamos averiguar ainda se os donos dos traillers estavam sonegando impostos”, afirma.(Manoel José)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *