Fazendo e acontecendo

Por:Arimatéia Azevedo

O Departamento Estadual do Sesi no Piauí fez ontem um leilão de quatro imóveis situados em Teresina, Picos, Parnaíba e Luís Correia. Em Teresina foi vendido o Clube do Industriário Petrônio Portella e em Picos o Centro Integrado Senador Nilo Coelho. 
Pelos lances iniciais, o Sesi, que é parte da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), previa arrecadar pouco mais de R$ 8,4 milhões com a venda dos imóveis. É um direito do Sesi/Fiepi vender seu patrimônio imobiliário, desde evidentemente , que o apurado seja republicanamente utilizado, assim como é inescapável a comparação com o Sesc-Senac/Federação do Comércio, que vem é expandindo o número de imóveis e os serviços neles instalados. Só para ficar nos dois últimos exemplos, citem-se a restauração da União Caxeiral em Parnaíba, uma obra magnífica e que devolve um espaço social e cultural à segunda mais importante cidade do Piauí, e o Hotel Escola na cidade de Oeiras. O Sesc Praia, com seu centro de convenções, é hoje um do melhores meios de hospedagem do Piauí. Em Teresina, o Sesc está fazendo um centro cultural que terá 7,5 mil metros quadrados de área construída, criando uma opção de lazer saudável e de cultura para todos. Assim, parece realmente lamentável que enquanto a Federação do Comércio se esfalfa para fazer mais e melhor, na congênere da indústria se esteja trabalhando no sentido inverso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *