Jornal da Globo: Famílias no PI que nunca tiveram acesso à luz elétrica

No Piauí, o sertanejo que já rezou para chover, agora reza para ter luz em casa. Na cidade de São Francisco de Assis do Piauí tem gente que nunca viu novela, aliás, nunca nem assistiu televisão.
Em alguns locais, os postes até foram instalados, mas a luz não chegou e a espera já dura 11 anos. Dá pra acreditar?
Engana-se quem pensa que os sertanejos do interior do Piauí pedem por chuva. Em pleno século 21, o pedido aos céus é por energia elétrica. “Eu cansei de pedir para os homens, agora é partir pra Deus tocar neles para enxergar nós e poder botar energia”, diz a dona de casa Isabel Rosa de Sousa.
Além das rezas, eles fazem até procissão. Um ritual com moradores de comunidades de três municípios do Piauí. Eles não perdem a fé, mas a espera é longa. Em alguns povoados dura mais de 10 anos, desde quando o programa Luz Para Todos, do governo federal, começou no Piauí.
Lucimar ainda passa roupa com o mesmo ferro a brasa usado pela sogra. Há seis anos recebeu a notícia de que ele seria aposentado com a chegada da energia elétrica.
“Ah, eu fiquei toda emocionada. Agora vai chegar! Cadê? E aí depois disseram que não ia colocar mais. Então eu falei: ‘ah, não vou esperar mais não’”, conta a dona de casa Lucimar da Conceição Silva.
LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO LINK ABAIXO:
http://180graus.com/noticias/jornal-da-globo-familias-no-pi-que-nunca-tiveram-acesso-a-luz-eletrica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *