O PIAUÍ MAIS UMA VEZ IGNORADO POR DILMA ROUSSEFF

                              E agora, “cumpanhêros”?!!!
Cadê o Piauí?
No pacotaço lançado por Dilma, estão à disposição das Parcerias Público Privadas, os aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis, Porto Alegre e alguns no interior de São Paulo e um em Caldas Novas, em Goiás.
Não valeu a ida do governador Wellington Dias ao ministro da Aviação para tentar colocar o novo aeroporto de Teresina nas PPPs.
Sensatez
Que a iniciativa privada não iria aceitar uma proposta de construir um novo aeroporto em Teresina todos, com sensatez, já esperavam. Surpreendente é o governo federal também não querer colocar o Piauí nessas concessões.
E olha que esse pacote vai passar do atual governo.
Bunda de índio
Pior é que em outros setores, como rodovias, ferrovias e portos o Piauí também ficou a ver navios.
Ficou mais por fora que bunda de índio.
O voto
Mas os votos do Piauí no Congresso Nacional em votações de interesse do governo federal nunca faltam.
Basta um estalar de dedos do Planalto.
O povo cobra
Quem está começando a reagir a esse descaso do governo federal em relação ao Piauí é a população.
Dilma não tem mais entre os eleitores aquela retumbante preferência e aprovação medida na última eleição. Tem caído muito. O povo sábio, independente, cobra também.
Diferente dos seus representantes.
Francamente…
Mesmo sob uma ditadura os políticos do Piauí conseguiam se impor mais que os atuais em relação aos governos ditos democráticos e parceiros.
E, por conta do prestigio de então, o Estado saia ganhando. De lá para cá nunca houve mais uma obra estruturante no Piauí.(Portalaz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *