ALEPI – Juliana Moraes Souza presta conta de ações no primeiro semestre

                            Deputada Juliana Falcão Moraes Souza
A deputada Juliana Moraes Sousa (PMDB) fez um balanço de suas ações no primeiro semestre de 2015. Das várias ações, a deputada citou três audiências públicas, na condução da Comissão de Administração e Política Social, na função de presidente, onde aprovou diversos projetos e ressaltou o mais relevante deles, que foi a reforma administrativa. “Para que o Governo nunca possa dizer que não estamos tentando contribuir”, observa Juliana Moraes Souza.
Também realizou-se uma audiência pública, na Comissão de Defesa do Consumidor e de Meio Ambiente, quando uma ampla discussão esclareceu pontos sobre a definição da linha de praia do litoral piauiense. “Fizemos questão de levar toda a estrutura da Assembleia Legislativo do Estado do Piauí, para Luiz Correia e assim proporcionar a participação da comunidade e dos geradores de emprego naquela região”.
A deputada falou sobre sua participação na Comissão de Infraestrutura e Política Econômica e na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, onde de acordo com ela, foram realizadas importantes reuniões, voltadas para as áreas afins. Juliana Moraes também apresentou diversos requerimentos, dentre eles, a busca por informações junto a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e da Eletrobrás. No sentido de se certificar que os moradores de apartamentos, não estejam sendo bitributados, quanto ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e também quanto a taxa de iluminação pública.
“Também solicitamos informações da Agespisa, pois é difícil entender como uma empresa tão grande e tão rentável se tornou um grande exemplo de falência. Estamos cumprindo nossa missão, na condição de fiscalizadores da questão pública, conforme a população decide, com o compromisso de trabalho afinco, em prol do desenvolvimento do Piauí e de honrar e agradecer a confiança de todos os nossos amigos piauienses”, finaliza a deputada Juliana Moraes Sousa.
Por Lindalva Miranda |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *