Em convenção nacional do PSC, Mão Santa diz que Brasil vive crise moral

O ex-senador Mão Santa participou na última sexta-feira (17), em Brasília, da convenção nacional do PSC, que elegeu o pastor Everaldo Pereira como presidente nacional da sigla. Ele era o 1° vice-presidente do partido. Durante o evento, o ex-parlamentar piauiense criticou o governo e disse que o país vive uma crise moral.
“O país vive um momento difícil com uma crise moral e ética que precisamos combater. Nunca se viu tantos escândalos juntos e o PSC precisa ir às ruas e ouvir o povo”, afirmou Mão Santa, que estava acompanhado do secretário geral do PSC no estado, Gustavo Henrique.

Segundo ele, o evento serviu para afinar o bom discurso e levar o partido às ruas com os ideais cristãos e mostrar que é uma alternativa de poder em todos os níveis do país. “Seja no Executivo ou no Legislativo”, disse.
O novo presidente destacou a importância da unidade partidária e agradeceu a Vitor Nossis, a grandeza de sua passagem como presidente. “Estamos juntos como uma grande família e não poderia deixar de destacar a grandeza de Vitor Nossis na condução do partido e a todos os presentes deputados, senador, dirigentes estaduais, municipais e a nossa militância. O meu muito obrigado”, declarou.
Participaram da Convenção deputados federais e estaduais como Marco Feliciano, Gilberto Nascimento, Silvio Costa, Marcos Reátegui, Irmão Lázaro, Bruno Pedrosa, alé, do senador Amorim, de Sergipe.
Hérlon Moraes (Com informações do PSC-PI)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *