Greve dos profissionais de saúde em Parnaíba

Fotos Didu Paparazzo

Servidores da Sesapi e enfermeiros se organizaram nesta manhã de segunda-feira(27) em frente ao hospital estadual Dirceu Arcoverde, reivindicando o reajuste salarial, a implantação do GIMAS, a regularização do adicional noturno e insalubridade, além do aumento do valor extra que há anos não tem reajuste e encontra-se defasado.
 Os enfermeiros grevistas de Parnaíba acatam o comando da greve iniciado na sexta-feira(24) após assembléia geral do sindicato(SENATEPI), onde foi deliberado greve geral da categoria.
‘O serviço em atendimento ficou comprometido pelo fato da redução de servidores da Sesapi, ficando apenas 30% dos funcionários para os atendimentos de urgência e emergência, explica Isabel, representante do sindicato em Parnaíba.
 Na sexta-feira(24), foi realizada uma grande carreata em Parnaíba para informar à população que a classe de enfermagem iria parar pela busca de seus direitos por melhores condições de trabalho.

 Nessa manhã, várias ambulâncias ficaram paradas em fileiras em frente ao Heda em Parnaíba.

Os grevistas informam que a intenção não é prejudicar a população, e sim o reconhecimento de valorização da profissão.
 Enfermeiros exibem cartazes indicando a greve(Portal do Catita)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *