Prefeito Florentino Neto esquece seu Programa de Governo

Estivemos relendo o Plano de Governo proposto pelo então candidato a prefeito, Senhor Florentino Neto (PT)e de seu vice Senhor Chagas Fontenele (PTB). Sem dúvida, um belo documento que apresenta a solução para todos os nossos problemas. Sim, desde as mazelas do desleixo ainda com algumas praças, a duvidosa qualidade das escolas, a carência do atendimento à saúde, passando pela segurança, enfrentamento às drogas, apoio à cultura, o turismo, etc.
Não fosse a exigência da Justiça Eleitoral que obriga que a candidatura seja registrada mediante a entrega do referido documento, nem teríamos como saber quais as reais intenções do governante. Pelo menos está lá registrado, o Plano de Governo para o quadriênio 2013-2016.
Falando em ano, já se passaram mais de dois anos e meio e pelo visto o prefeito não vai conseguir nem de longe cumprir metade do seu “plano”. Isto porque as propostas que foram colocadas no papel estão ainda lá, só no papel:concluir o matadouro, implantar veículo leve sob os trilhos – VLT (implantar os ônibus já seria um avanço, mas nem cuidou de melhorar a estrutura para o transporte alternativo, nem regulamentou o sistema moto táxi), cobertura em 100% do Programa de Agentes Comunitários de Saúde, blá, blá, blá… é coisa demais prometida e que não foi realizada.
ESTÁ LÁ NO PROGRAMA DE GOVERNO:“O crack, álcool e outras drogas estarão na linha de enfrentamento do Governo Municipal, pois buscaremos articular uma rede de prevenção, acolhimento e reabilitação…”
Passados dois anos meses do atual governo qual a ação efetiva de articulação de um programa de enfrentamento às drogas? Sabe-se que há, em todos os bairros da cidade, indiscriminadamente, especialmente nos mais pobres a presença ativa das gangues e bocas de fumo que controlam o tráfico. 
E cada vez mais cedo as crianças, sim as crianças, estão entrando no mundo das drogas.
Qual a política pública de promoção da valorização e entretenimento para os nossos jovens? Como as famílias estão sendo apoiadas quando buscam tratamento para recuperação de dependentes?
Uma emenda parlamentar de autoria do ex-vereador Fernando Gomes,  para a Fazenda Reviver, que atua nesta área, nunca foi atendida. A justificativa que deram é que estaria instalada em Luis Correia. Mas quando querem, fazem. Carnaval, bois, quadrilhas e parada gay recebem apoio integral da prefeitura.
Será que o fato dos jovens parnaibanos buscarem tratamento lá em Luiz Correia não seria justificável? Quando querem eles fazem tanto que outras “estripulias” já foram anotadas na marcante passagem do nosso jovem prefeito até aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *