Reativação da Rota das Emoções?

Por:Por Mário Pires Santana
Hoje em dois portais da capital foi divulgada uma matéria sobre a rota das Emoções. Até aí tudo bem e normal. No entanto fiquei perplexo com uma reunião em São Luís com o intuito de reativar a Rota das Emoções. Mas como reativar? Há muito tempo foi criada e institucionalizada essa importante Rota Turística, em benefício dos três estados. 
Inúmeras reuniões já foram realizadas em Parnaíba, Barreirinha e agora recente em Jericoacoara. Na realidade nem o Maranhão (inicialmente com Roseana), tampouco o Ceará demonstraram interesse maior por essa aludida Rota. Parnaíba também emite sinais de que pouco faz para viabilizar esse apetitoso e singular roteiro. 
Vamos aos fatos: No recente encontro de Jeri fui informado por pessoa digna que lá esteve que não havia ninguém da Parnaíba compondo a mesa diretiva. No encontro agora em São Luís faltaram o prefeito e o superintendente de turismo. Na realidade a importância do turismo é tão fundamental para Parnaíba que deveria ser secretaria junto ao gabinete do prefeito e não mera superintendência. Os outros dois roteiros já são consolidados o que não acontece com Parnaíba. Há que haver uma demonstração cabal da vontade de Parnaíba ser inserida com primazia nesse magnífico roteiro, caso contrário ficaremos para trás. Cito um importante exemplo: em dezembro passado estive em Salvador onde frequentei os importantes Shoppings da cidade e em todas as agências de viagens não havia um único cartaz em alusão à Rota das Emoções. Havia sim farto material exaltando Jericoacoara e os Lençóis Maranhenses isoladamente! Delta do Parnaíba, só no sonho! Repito o turismo é de fundamental importância para o desenvolvimento da Parnaíba e o Delta do Parnaíba deve ser tratado como primazia absoluta. Caso contrário a Rota das Emoções será composta por dois roteiros em vez de três.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *