Vem mais por aí

“Sempre que os investigadores puxam uma pena, vem uma galinha”.

O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), tem dito aos raros interlocutores em quem confia que está impressionado com o processo da Lava Jato. As informações seriam, nas palavras dele, volumosas e muito bem documentadas.
Sempre discreto e de temperamento sereno, Zavascki chegou a afirmar a outros magistrados que, na Lava Jato, sempre que os investigadores “puxam uma pena, vem uma galinha”.
A autorização do STF para uma operação de busca e apreensão na casa de parlamentares, com o acompanhamento de televisões e jornais, causou impacto entre advogados que atuam em causas de colarinho branco. A corte sempre teve perfil liberal, criticando duramente, no passado, operações que considerava midiáticas.
Na visão dos mesmos profissionais, a postura do STF cria novo paradigma no país. E endossa operações semelhantes de juízes de primeira instância. (As informações são de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo desta quinta-feira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *