Centro de Convenções entre maiores casos de corrupção

Por Rômulo Rocha
A Câmara de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal tornou público um catálogo com as 100 principais ações de combate à corrupção realizadas pelas diversas Procuradorias da República em todo o Brasil no ano de 2015
“Com isso, traz-se um maior colorido de nossa atuação, dando conhecimento à sociedade uma relevante parcela de nosso trabalho, numa busca intransigente de respeito à Constituição, à lei e à correta aplicação dos recursos públicos, em especial para garantir maior alcance e eficiência na prestação de serviços públicos essenciais como saúde, educação, alimentação adequada e segurança pública”, anunciam.
DOS 100 MAIS, 3 SÃO NO PIAUÍ: 1º CENTRO DE CONVENÇÕES
Dos 100 casos de corrupção de 2015 listados pela Procuradoria Geral da República, listados como os maiores e mais notórios, três foram praticados no estado do Piauí.
Um deles diz respeito às supostas ilicitudes ocorridas no Centro de Convenções de Teresina.
Neste, o Ministério Público ingressou com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em trâmite na 1ª Vara Federal.
SUPERFATURAMENTO EM QUASE R$ 3 MILHÕES
A ação foi ajuizada em julho de 2015 “contra ex-diretores da Piemtur e outros, em face de superfaturamento da obra do Centro de Convenções em quase R$ 3 milhões, além de irregularidades na contratação da Fundação Francisca Clarinda Lopes, por inexigibilidade de licitação” e “irregularidades que violaram a Lei de Licitações”.
EXECUTAR PROJETOS’
Além, claro, de “irregularidades quando da fiscalização pela empresa Executar Projetos e Assessoria Ltda, [seja] pela desídia em não fiscalizar adequadamente, seja pela apresentação de parecer com fraude”.
LEIA MAIS NO LINK ABAIXO:
http://180graus.com/noticias/centro-de-convencoes-e-listado-nos-100-maiores-casos-de-corrupcao

Deixe uma resposta