Heráclito Fortes apresenta projeto de estatização dos ventos

  Heráclito Fortes
Não bastasse o projeto de Lei proposto pelo ex-deputado Nazareno Fonteles que instituía a “poupança fraterna (projeto de Lei Complementar que previa um limite máximo de consumo mensal que cada pessoa poderia utilizar para seu sustento e de seus dependentes e o excedente depositado a título de empréstimo compulsório) que foi alvo de toda sorte de gozações, eis que agora aparece o deputado Heráclito Fortes (PSB) querendo estatizar os ventos para que a União possa cobrar royalties das empresas que produzem energia eólica.
O deputado ao justificar o seu extraordinário projeto argumenta: “Os parques eólicos produzem energia elétrica a partir dos ventos, recurso que pertence a todo o povo brasileiro.”
Caso a proposta seja aprovada, todo “potencial energético dos ventos” passará a ser patrimônio da União.
A projeto de estatização dos ventos se junta a outros como o do deputado Silvio Costa (PTdoB-PE) que propõe “que todo ciclista seja obrigado a emplacar suas bicicletas e pagar licenciamento” e do deputado Pastor Franklin (PTdoB-MG) que prevê “que ninguém possa pedir indenização em caso de violação de deveres conjugais – ou seja, se for traído”.(Herbert Sousa)

Deixe uma resposta