PARABÉNS, FLORENTINO!

Por:Bernardo Silva
Creio não ser nenhum demérito reconhecermos quando
as pessoas acertam, quando conseguem um objetivo que venha trazer benefícios
para muitas pessoas. Em sendo assim, estamos parabenizando o prefeito
Florentino Neto que conseguiu coroar sua luta quase obsessiva que era
contemplar Parnaíba com uma UNACON –Unidade de Assistência de Alta Complexidade
em oncologia, que vai possibilitar a realização aqui
mesmo em Parnaíba de exames, quimioterapia e cirurgias oncológicas.
Para chegar aonde chegou, com a confirmação do Parecer Técnico Favorável e Conclusivo pela
implantação do Tratamento do Câncer em Parnaíba, Florentino reconhece que não
esteve sozinho. Porém sua obstinação fez a diferença e ele disse em
pronunciamentos que por diversas vezes se sentiu sozinho, mas não desistiu. E
ele disse também que um dia vai escrever um livro narrando toda sua via- crucis, com viagens a Brasília,
reuniões, cumprimento de exigências, paciência para vencer burocracia… enfim,
uma luta titânica.
“Devo reconhecer que o
Ministro Marcelo Castro tem sido extremamente gentil, cordial, atencioso com
este projeto. Eu acredito que ele assine a Portaria o mais breve possível,
porque vejo nele essa determinação íntima”, disse-nos o prefeito numa
entrevista que nos concedeu no final do ano.
Essa “obra” dá votos?
Não se sabe e acho que isso não é interessante. Mas dá tratamento mais digno e
mais humano às centenas de pessoas que vivem sofrendo semanalmente  em transportes desconfortáveis e hospedagens
não tão acolhedoras para fazerem tratamento de quimioterapia em Teresina.
Talvez só quem tenha familiar passando, ou que tenha passado por este drama há de entender a
importância da conquista e o nível de realização que deve contemplar o prefeito
Florentino Neto, o médico Thiago Almendra e o empresário Mirócles Véras,
protagonistas do processo.
“O principal ganho com essa nova
Unidade é a melhoria do acesso ao tratamento do câncer. Estamos garantindo
acesso a uma população com doença crônica, isso é um ganho em qualidade de vida
para a população. O câncer será detectado com maior brevidade, no estágio
inicial com grandes chances de cura”, pondera Elizabeth Monteiro, auditora da
Secretaria de Estado da Saúde.
A
Unacon terá capacidade de atender, mensalmente, 500 consultas especializadas de
oncologia, 640 exames de ultrassonografia, 660 endoscopia, 240 colonoscopia e
200 exames de anatomias patológicas. A projeção de atendimento anual é de 650
cirurgias oncológicas e 5.300 procedimentos de quimioterapia. 

Deixe uma resposta