Teresina e Parnaíba poderão ter as campanhas mais caras para prefeito

As cidades de Teresina, Parnaíba, Floriano e Picos poderão ter as campanhas para prefeito mais caras entre as capitais piauienses deste ano, conforme limite estabelecido pela Justiça Eleitoral em dezembro, com base na recente minirreforma eleitoral.
Segundo Tribunal Superior Eleitoral, no Piauí os gastos variam de R$ 7 mil a R$ 1,6  milhão.
Os dados foram divulgados no dia 28 de dezembro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base numa lei de setembro que fixou os tetos para as despesas das campanhas. Os candidatos que almejam assumir o cargo de chefe do executivo municipal em Teresina poderão gastar até R$ 1,6 milhão. Já na cidade de Pajeú do Piauí, os candidatos gastarão bem menos, pois segundo o TSE, o orçamento previsto para campanha eleitoral no município não poderá  ultrapassar  a quantia de R$ 7.273.
A segunda cidade onde os candidatos poderão investir mais para assumir a prefeitura é Parnaíba. Lá, o gasto previsto é de quase meio milhão, ou seja, de R$ 495 mil. Em Floriano e Picos os gastos será de aproximadamente R$ 268 mil e R$ 232 mil, respectivamente.
Orçamento para vereador
O Tribunal Superior Eleitoral também estabeleceu limites para gastos dos candidatos a vereador.  A  capital continuar sendo a cidade com maior limite de gasto com R$ 155 mil e o município de Eliseu Martins deverá ser a cidade com menor gasto para vereador com R$ 1.867.
Estes valores deverão ser atualizados em julho deste ano.
Fonte: G1/PI

Deixe uma resposta