Condenação sem efeito (Cadê a justiça?)

Ex-prefeito Zé Barros
Depois de exercer os quatro anos de mandato de prefeito de União, José Barros, que ocupa hoje importante cargo na Secretaria de Educação do Estado, foi condenado por compra de votos no pleito de 2008. Qual o efeito, agora, dessa decisão?
Pode virar piada
José Barros se elegeu em 2008, derrotando Gustava Medeiros, atual prefeito. O candidato derrotado recolheu documentou e entrou com um pedido de cassação.O processo “rolou, rolou” e até que a juíza de União condenou o acusado agora, quando não tem mais efeito. Vai virar piada.
Ficou barato
Ficou muito barato para José Barros, que nem inelegível vai ficar. Coisas que acontecem só no nosso querido Nordeste.(Feitosa Costa)

Deixe uma resposta