Governador do Ceará pode deixar PT pelo PDT

Leandro Mazzini – Coluna Esplanada
O PT corre risco de perder um governador em um dos maiores colégios eleitorais do País. Camilo Santana, que comanda o Ceará, estuda aterrissar no PDT.
Ele e o presidente do PDT, Carlos Lupi, já conversaram há poucos meses sobre a possibilidade. Apadrinhado pelos irmãos Cid e Ciro Gomes – que se filiaram ao partido criado por Leonel Brizola – Camilo não deu resposta, mas o presidente Lupi arrisca:
“Não conversamos mais, recentemente, mas não estranharia se ele viesse. Seria um movimento natural”.
Fontes do PDT apostam que o desembarque do governador no partido é questão de semanas, no pior do cenários, dois meses.
Camilo elogiou muito o partido à ocasião da filiação de 63 prefeitos do PROS ao PDT, levados pelos irmãos Gomes.

Deixe uma resposta