Secretaria de Turismo realiza trabalho de limpleza na região de Luiz Correia

                                                Limpeza da orla
Com a proximidade do carnaval, a Secretaria Estadual de Turismo do Piauí (Setur) está intensificando o trabalho de limpeza da orla do litoral. Os trabalhos incluem desde as praias de Luís Correia, até Cajueiro da Praia e deverão ser concluídos até sexta-feira, quando iniciam as atividades momescas.
Segundo o secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior, esse trabalho é muito importante para garantir mais conforto aos turistas que frequentam nosso litoral. “Estamos trabalhando, conforme o combinado, com a limpeza e retirada de lixo na Orla. O litoral é um dos destinos mais procurados. Recebemos pessoas não apenas do Piauí, mas também de outros Estados. E é importante que eles tenham essa boa impressão do nosso litoral para que possam voltar em outras oportunidades”, elencou.
Além da remoção do lixo, a Setur também está implantando lixeiras em toda a Orla. Ao todo serão implantadas 120 lixeiras. A ideia é que o folião também possa fazer sua parte, depositando o lixo no local correto, evitando sujar a praia e toda a cidade. “No final do ano, fizemos esse trabalho e também o trabalho de desobstrução de estradas que dão acesso às nossas praias. O resultado foi positivo e não registramos problemas”, lembrou o secretário.
Paralelo à ação de limpeza, a Secretaria de Turismo também iniciou campanhas educativas. O foco são suas ações em específico: evitar que a população jogue lixo na rua e também fazer com que veículos andem nas areias da praia. Para isso, foram desenvolvidas peças publicitárias que traz uma “marmota” como personagem.
“Veículo andando na areia da praia é maior marmota” e “Jogar lixo na rua é uma marmota muito feia” são os dois motes da campanha. A população está sendo convidada a denunciar essas irregularidades por meio das hastags #lixonaruaémarmota e #carronapraiaémarmota. “O que queremos é garantir a segurança dos banhistas e também por conta do período de desova de tartarugas, além da limpeza do nosso litoral. Para isso, todos têm que fazer sua parte”, finaliza o secretário.(Ccom)

Deixe uma resposta