As duas caras “imundas” do PMDB

Adeus, Dilma!
E o PMDB segue na sua filosofia de locupletar-se até derrubar o governo do qual participa.
Sábado, o partido decidiu decidir somente daqui a 30 dias se vai ou deixar o governo.
Até lá, suga o que puder das tetas gordas do governo cambaleante.
O boi e o PMDB
Bem recentemente, Danilo Damásio definiu o PMDB, num post no Facebook, comparando o partido com o cidadão que dançava sob a carcaça de um boi e depois foi tomar satisfação com os presentes para saber quem havia metido o dedo no ‘furículo’ do boi.
Assim é o PMDB: participa, ajuda a criar todas a mazelas no governo e depois vai para televisão criticar a gestão como se nada tivesse com ela.(Portalaz)

Deixe uma resposta