Funasa no Piauí continua com o PT, após exoneração de Henrique Pires

A superintendência da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no Piauí não deve sofrer alterações, mesmo após a exoneração de Henrique Pires (PMDB), que presidia o órgão a nível nacional.
O ex-secretário da Administração, Evaldo Ciríaco, que preside a Funasa no estado, é indicação da senadora Regina Sousa (PT), dentro da cota dos cargos federais distribuídas entre os parlamentares do Piauí no Congresso.
Por estar na cota de uma senadora do PT, não deve sofrer alterações.
Henrique Pires diz ter sido ejetado da presidência da Funasa por não aceitar trocar coordenadores da instituição para abrir espaço para indicações do PTN e do PMB.(Jhone Sousa)
VEJA A NOTA SOBRE A EXONERAÇÃO

Deixe uma resposta