Lançamento de livros em Parnaíba

Os parnaibanos recordam com precisão, o período em que esteve à frente da então secretaria municipal da cultura, o jornalista Arlindo Leão (O Piaguí Culturalista). Entre os itens que chamavam a atenção de todos, no planejamento de trabalho, era o constante lançamento de livros que acontecia praticamente a cada 15 dias.
Na gestão de Arlindo Leão na cultura, foram lançados cerca de 37 livros e o mais importante, 24 de autores parnaibanos.
Para a realização e sucesso de tão respeitáveis números, eram formalizadas parcerias com o SESC, Universidade Federal do Piauí, APAL, Universidade Estadual do Piauí, Associação Comercial e Industrial de Parnaíba, Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Parnaíba, Banco do Brasil, Fundação Raul Bacellar etc.
Era grande a procura de parnaibanos que residiam em Teresina, Fortaleza, Brasília e Rio de Janeiro, que também queriam fazer em Parnaíba o lançamento de suas obras, através da secretaria municipal da cultura.
Saldos estes de um passado de agitação literária e cultural.

Deixe uma resposta