Sem água no maior açude do Ceará, criadores de tilápia vieram para o PI

Parte dos criadores de tilápia do município Jaguaribara, no Ceará, estão migrando para o Piauí. Segundo a coluna de Egídio Serpa, do Diário do Nordeste, a mudança se dá por falta de água no vizinho estado.
Os aquicultores do Açude Castanhão se transferiram para Guadalupe, no Piauí, nas proximidades da Barragem de Boa Esperança. Aqui eles conseguiram retomar suas atividades de criação de tilápia em gaiolas.
Outra parte dos criadores está migrando para Pernambuco, nas áreas próximas ao rio São Francisco.
No Ceará, segundo o divulgado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a média de chuva em fevereiro ficou 51,1% abaixo da média.
A média geral de volume de água nos 153 reservatórios monitorados pela Companhia e que abastecem o Ceará, se mantém em 12,5%. O açude Castanhão, maior reservatório do Ceará, sofre as consequências da estiagem prolongada. Com capacidade para armazenar 7,5 bilhões de metros cúbicos, hoje a está apenas com 9,9% da sua capacidade. É o nível mais baixo desde que área foi inundada.

chuvaagua.pngO açude é uma das principais fontes de abastecimento para a população de Fortaleza, e a secretaria de Recursos Hídricos do Ceará já cogita a possibilidade de que haja necessidade de racionamento na capital.Publicado Por: Apoliana Oliveira

Deixe uma resposta