SENADOR CONFIRMA QUE DILMA SABIA DOS ESQUEMAS, E PASSA NA DETECTOR

A MEMÓRIA PRODIGIOSA E A COERÊNCIA DOS DEPOIMENTOS IMPRESSIONARAM OS PROCURADORES.
Delcídio do Amaral revelou à força-tarefa da Lava Jato que Dilma sabia desde 2004, segundo ano do governo Lula e primeiro ano do Petrolão, de todos os esquemas de corrupção na Petrobras. A delação premiada de Delcídio, segundo investigadores ligados à operação, impressiona pela riqueza de detalhes: foi a mais longa e completa da Lava Jato até agora: durou oito dias, com depoimentos de 4h de manhã e 4h à tarde.
Membros da força-tarefa elogiam a “memória prodigiosa” de Delcídio, que lembrava de quase tudo. E tinha anotado ou documentado.
Investigadores testaram os relatos de Delcídio, reinquirindo sobre os mesmo temos de formas diferentes, mas não caiu em contradições.
Técnicos treinados no FBI examinaram a voz, a expressão labial, rosto etc. Detectaram momentos de insegurança, mas não mentiras.
Ainda não se tem dimensão da delação de Delcídio, o mais assustador relato da corrupção nos governos do PT, diz fonte ligada à Lava Jato.

Deixe uma resposta