Caos no HEDA de Parnaíba pode ser proposital?

A caminho de um caos anunciado, Heda poderá ser dirigido por uma Organização Social
Há dias os pacotes para pacientes que estão internados no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), estão sem prescrição médica. Esses pacotes incluem medicamentos que vão desde antibióticos até analgésicos para dor.
Fora esse crime contra a saúde pública, equipes de enfermaria também não estão fazendo atendimento e, de acordo com relatos de um médico, a intenção é transformar o Heda em um caos ainda maior para que uma Organização Social (OS), assuma a direção do único hospital geral público da região.(Blog do Pessoa)

Deixe uma resposta