Marcelo Castro fica no ministério e Nogueira votará contra o impeachment

                                   Deputado Flávio Nogueira
O deputado e ministro da Saúde Marcelo Castro (PMDB) decidiu não reassumir a sua cadeira na câmara para votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff que cuja votação está marcada para domingo, dia 17. 
Castro disse que não há necessidade porque o suplente Flávio Nogueira (PDT) já deu provas de que é contrário ao processo na votação do parecer do relator Jovair Arantes, recomendando a aprovação do afastamento. 
Os dois outros parlamentares que estavam licenciados, ocupando secretarias no governo do estado – Rejane Dias, Educação, e Fábio Abreu, Segurança – reassumem nesta quarta-feira (13) suas cadeiras voltando Silas Freire e Mainha à condição de suplentes. 
Em relação à aprovação do impeachment, Marcelo ainda acredita que não será fácil a oposição conseguir os dois terços dos votos necessários para afastar a presidente.(Portalaz)

Deixe uma resposta