PETISTAS APOIAM FIRMINO FILHO (PSDB) EM TERESINA : ZÉ FILHO CRITICA O TUCANO

Enquanto em nível nacional o PT e o PSDB vivem uma relação de guerra, em Teresina, os dois partidos convivem em um clima de paz e amor. A proximidade entre as duas legendas é tanta que lideranças petistas defendem abertamente a possibilidade da legenda apoiar de forma informal a reeleição do tucano na capital.
Para os petistas simpáticos a Firmino, o partido não deveria lançar candidato próprio e nem apoiar nenhuma candidatura proporcional. Neste caso, os militantes estariam liberados para apoiarem o candidato que acharem melhor. Assim quem desejasse pedir voto para o tucano estaria liberado.
ATITUDE DE FIRMINO INCOMODA

Se a postura do prefeito Firmino Filho é bem-vinda no PT, entre os líderes da oposição ela causa críticas. O deputado estadual, Robert Rios (PDT), e o ex-governador, Zé Filho (PPS), já criticaram a relação do tucano com os petistas na capital.
Eles afirmam que Firmino não representa a oposição. “Eu entendo que o prefeito Firmino precisa ter uma convivência melhor com o governo do Estado e com o Governo Federal. Em uma cidade pobre, com um governo pobre como o nosso, os políticos acabam se sujeitando a esse tipo de coisa. Não vemos no PSDB do Piauí, e até em nível nacional, uma oposição ferrenha como deve ser feita. A postura do prefeito Firmino é a mesma”, declarou Zé Filho.
O deputado Robert Rios (PDT) afirma que Firmino tem sido omisso no papel de representar a oposição, que nacionalmente seria liderada pelo PSDB. “Ele diz que tem uma relação apenas administrativa com o governador. Mas até que ponto isso influência na relação política? O Firmino tem uma ligação muito forte com o governador quando ele deveria ser a voz da oposição”, critica.(Com informações de Lídia Brito)
Edição:Bernardo Silva)

Deixe uma resposta