UM LUXO:A BANCADA FEDERAL DO PIAUÍ VIRA CAPA DE REVISTA

A revista “ISTOÉ” desta semana traz na capa Capa a foto com os representantes do Piauí na Câmara Federal, chamando a atenção para que os eleitores acompanhem como vai se comportar seu deputado na votação do impedimento da presidente Dilma. 
É hora desta turma de políticos deixar de puxar o saco do governo petista que levou o país ao que aí está. E a cada dia novo escândalo. E mesmo assim ainda há quem defenda os governantes de um partido que hoje envergonha a Nação brasileira. O Brasil é chacota mundial, graças ao PT.
O senador Ciro Nogueira, por exemplo, representa muito bem o cordão dos puxa sacos do Piauí, cuja estrela principal é o  governador Wellington Dias. É de fazer vergonha!
                                       CIRO – O BEIJA MÃO
Nas páginas internas uma matéria fala do super esquema de distribuição de ministérios e outros cargos, implantado pelo governo Dilma, com um box da foto acima,  explicando o papel ridículo do senador do Piauí CIRO Nogueira, em toda esta palhaçada:
“Presidente nacional do Partido Progressista (PP), o senador
assumiu a interlocução entre o governo e o partido da base. Além de trabalhar
para convencer seus correligionários, ele negocia ministérios e cargos de
segundo escalão diretamente com lideranças de outras siglas”.
EM TEMPO: O PP em Parnaíba é o partido presidido pela filha do deputado Zé Hamilton, Selma Castelo Branco, esposa do vereador Beto, que é do Partido.
Ciro Nogueira vem ser o esposo da deputada federal Iracema Portela que deu dinheiro para políticos de Parnaíba pedirem votos para ela. Alguns, comenta-se, pediram. Outros  só embolsaram o dinheiro.
Por: Bernardo Silva

Deixe uma resposta