Zé Filho articula audiência de industriais com Michel Temer

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Zé Filho levou uma comitiva de presidentes de Federações do Nordeste para uma audiência com o vice-presidente Michel Temer. A pauta foi construída a partir da última reunião de presidentes de Federações da Indústria realizando em Fortaleza (CE) no mês de março, quando ficou acertada a construção de uma agenda que atenda a setor produtivo da região Nordeste. Segundo Zé Filho, o vice-presidente foi bastante receptivo ao pleito dos empresários e solicitou a elaboração de um documento contendo uma pauta mínima que atenda ao setor industrial. Participaram da audiência os presidentes de Federações da Indústria do Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão e de Sergipe.

REUNIÃO NA ASSOCIAÇÃO NORDESTE FORTE
O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Zé Filho participou nesta segunda-feira, 25, na CNI, em Brasília, da primeira reunião ordinária da Associação Nordeste Forte, que reúne os presidentes de Federações de Indústria do Nordeste.
A reunião foi coordenada pelo presidente da Federação do Rio Grande do Norte, Amaro Sales e contou também com participação dos presidentes das Federações de Alagoas, Bahia, Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão e de Sergipe.
Diversos temas foram tratados na ocasião, com enfoque a uma necessária elaboração de pauta mínima de desenvolvimento regional do Nordeste.
Também foi abordada a questão da energia de mercado livre, do Nordeste. A região está pagando energia quatro vezes mais caro que o praticado no Brasil. Outros temas que mereceram atenção foram a problemática das renegociações do FINOR e FNE e a publicação do convênio ICMS 31 do CONFAZ, de 08 de abril de 2016.
Esse convênio autoriza os estados e o Distrito Federal a criar condições para a fruição de incentivos e benefícios fiscais, financeiro-fiscais, financeiros e dos regimes especiais de apuração que resultem em redução de valor do ICMS a ser pago, inclusive dos que ainda vierem a ser concedidos.

Deixe uma resposta