Juiz reconhece prejuízo criado pelo SUS a empresa médica de Parnaíba

Em decisão liminar, o juiz da 1ª Vara Cível da Comarca de Parnaíba, Antônio Oliveira, determinou a suspensão de débitos e ações judiciais contra empresa médica da cidade de Parnaíba.
O juiz reconheceu que a empresa vem sendo prejudicada pela com a diminuição de repasses oriundos do SUS, fato que tornou impossível à empresa médica manter seus custos, e que, desde então, passou a acumular dívidas.
A decisão liminar ocorreu após uma análise precisa dos balanços da empresa, reconhecendo a tese da defesa da empresa que considerou o reflexo financeiro das empresas médicas, em maior volume mantidas pelo SUS, que, não só nos hospitais, mas nas suas contabilidades, registram perdas financeiras.
Segundo o advogado, Apena Machado, “Com essa decisão, a Justiça do Piauí aplicou as normas da Ação de Recuperação Judicial para demonstrar à sociedade uma visão profissional e moderna do funcionamento das empresas privadas perante o olhar do Poder Judiciário, diante de um cenário de recessão nacional”. (Elizabeth Sá)

Deixe uma resposta