O PT MALUFOU

Por: Zózimo Tavares
Quando o Brasil deflagrou o movimento das Diretas Já, entre 1983 e 1984, a cidadania ficou empolgada. Multidões saíram às ruas em todo o país. O desejo de eleger o presidente da República pelo voto direto era a grande aspiração do povo. O direito de escolha do presidente pela vontade das urnas fora cassado pelo golpe militar de 64.
De um lado, o deputado Ulysses Guimarães, o Senhor Diretas, acompanhado por várias lideranças – Tancredo Neves, Leonel Brizola, Lula, etc. e entidades como a OAB, ABI e SBPC. Do outro, os conservadores apostavam na derrota da Emenda Dante de Oliveira e na permanência da eleição indireta, já que o PDS tinha aberta maioria no Colégio Eleitoral.
A Emenda das Diretas não passou. Embora fosse vitoriosa, não alcançou o quórum necessário. As eleições presidenciais continuariam, portanto, indiretas, com amplas chances de vitória do governo.
No PDS, o partido do governo, o ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf, e o ministro do Interior, Mário Andreazza, se lançaram na disputa pela indicação da  candidatura oficial. A vitória de Maluf provocou grande desarranjo na base. Apareceu uma dissidência que se fez Frente Liberal e terminou virando PFL.
Essa dissidência, com grande peso político e eleitoral, rompeu com o partido e resolveu apoiar o candidato das oposições, Tancredo Neves, ex-governador de Minas, nas eleições indiretas, que seriam realizadas em janeiro de 1985. Ao longo da campanha, a candidatura de Maluf, que bateu a de Andreazza na disputa interna, perdeu musculatura e diariamente sofria baixas com lideranças próximas ao governo aderindo à candidatura de oposição.
Quando o PMDB estava virtualmente consolidado na corrida presidencial, com Tancredo já contando votos de sobra para se eleger no Colégio Eleitoral, Paulo Maluf fez uma declaração bombástica e propôs eleições diretas.
Vendo-se perdido, o ex-governador de São Paulo queria virar a mesa e embaralhar o jogo sucessório posando de grande democrata. Não havia ali, claro, nenhum ato de civismo ou de magnitude, apenas uma manobra de esperteza para se sair bem do episódio.
Quando os petistas falam em antecipação das eleições presidenciais neste momento de impeachment, voltam à lembrança os episódios das Diretas Já. Sim, pois o PT repete o gesto de Maluf, com quem se aliou e deve ter aprendido esse tipo de jogada.

Deixe uma resposta