Os petistas do Piauí subservientes demais esqueceram de reivindicar em prol do Estado

Desde que o PT nacional assumiu com Lula o Poder em 2003, o PT do Piauí também governa este Estado, com Wellington Dias. Apenas ocorreu o hiato de 4 anos, com Wilson Martins, que era vice de Wellington e foi eleito com o apoio deste, tendo o PT participado de quase todo o governo. 
Em todo este período, só promessas e demagogia, não obstante quase todos os políticos do Estado apoiarem o Lulopetismo em Brasília. Além do bolsa família e do “Minha Casa Minha Gente”, programas nacionais, que mais veio ao Piauí?  Sequer a conclusão das obras em andamento do Projeto Tabuleiros Litorâneos e do Porto de Luiz Correia. De herança ficaram também, dentre outras, as obras da Vila Olímpica, iniciadas neste período, mas sustadas por suspeitas de irregularidades. Mas nossos políticos do PT estão bem de vida. E isso é o que importa, para eles.
Mão Santa e o cupim
O ex-senador Mão Santa disse em entrevista recente que ele é a verdadeira oposição em Parnaíba e que o prefeito Florentino Neto está no lugar errado na hora errada. “Ulysses Guimarães dizia que a corrupção é o cupim que corrói a democracia. E eu nunca vi tanto cupim no Piauí, na Parnaíba e no Brasil”, analisa. Reafirmando sua candidatura a prefeito ele destaca que é a verdadeira oposição no Piauí. “Olha a história. Quem foi perseguido pelo Luís Inácio?”- relembra Mão Santa, que perdeu a reeleição de senador da república porque o ex-presidente Lula mexeu os “pauzinhos” e investiu à época no candidato Ciro Nogueira, que venceu.

Deixe uma resposta