VILA DO LEITE E MATADOURO MUNICIPAL: DECEPÇÃO

                                Vereador Bernardo Rocha
Na semana passada o vereador Bernardo Rocha (PPS)fez uso da palavra na Câmara Municipal para externar sua decepção com relação a duas obras da maior importância para a população mas que a administração municipal ainda não teve a capacidade de efetivá-las. Trata-se da conclusão do matadouro público municipal e a Vila do Leite, sendo esta a que iria permitir retirar do perímetro urbano da cidade as inúmeras vacarias que ainda existem, provocando incômodos aos cidadãos.
                           Equipamentos do matadouro sendo destruídos
Bernardo Rocha afirmou haver visitado o canteiro de obras do matadouro, que há 7 anos começou a ser construído, tendo constatado o total abandono em que se encontra o material ali jogado e sem utilização, inclusive a madeira está cheia de cupim, sem falar nos equipamentos adquiridos e caríssimos que estão sendo destruídos pela ação do tempo.”Não tem nem vigia.Isso porque foram colocados 600 e tantos mil reais no orçamento deste ano para o matadouro”, comentou o vereador.
VILA DO LEITE
                                   Acesso para a “Vila do Leite”
Bernardo Rocha disse também da sua decepção com relação à promessa do prefeito, de tirar as vacarias da área urbana da cidade. “Seria uma obra muito importante mas não vai sair do papel”, comentou.
O vereador disse que andou cerca de 9 quilômetros e meio por uma estrada “carroçal” para conhecer o que existe da Vila do Leite e nada encontrou. “Fiz questão de ir conhecer esta vila do leite mas só vi uma placa de parada de ônibus dentro do mato. Só enganação”, destacou.
ENCONTRO TÉCNICO
Em outubro do ano passado foi realizado no escritório da Embrapa em Parnaíba, um encontro técnico, promovido pela Prefeitura, com a presença do governador do Piauí, Wellington Dias, senadores, deputados federais e estaduais, para buscar exatamente recursos para o projeto Vila do Leite e os Tabuleiros
Litorâneos em Parnaíba. Ao final da reunião, o Ministério da Integração Nacional se
comprometeu em destinar recursos na ordem de R$ 1,1 milhão para Vila do Leite e
R$ 8 milhões para obras no Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos.Estavam presentes também o secretário de desenvolvimento rural e deputado Francisco Lima;
representantes da Embrapa, Dnocs Fortaleza, Banco do Nordeste do Brasil,
Codevasf e Sebrae; pecuarista da Vila do Leite e integrantes do distrito de
irrigação.
O prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, falou na ocasião que a presença dos gestores estaduais e federais foi muito importante para definir os novos rumos das obras do Perímetro Irrigado dos Tabuleiros Litorâneos. “Esse encontro foi essencial, não apenas no que diz respeito à retomada das obras dos Tabuleiros, mas também sobre como podemos evitar erros junto a implantação do novo projeto, que será a Vila do Leite de Parnaíba”, comenta Florentino .
Até agora, tudo ficou na conversa e nos gastos com o deslocamentos das comitivas, feitas com recursos públicos. Um passeio à região norte. (Por:Bernardo Silva)

Deixe uma resposta