Ela sempre soube de tudo

“Dilma sabia de tudo o tempo todo”. A afirmação foi feita pelo ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, em vídeo no qual faz novas revelações sobre a negociata para compra da refinaria Pasadena, que acabou rendendo prejuízo de mais de US$ 1 bilhão para a Petrobras, e que encheu os bolsos de alguns. “Dilma me jogou no fogo”, disse Cerveró, que foi além: “ela me sacaneou”. O ex-diretor disse que Dilma “tinha que arrumar um Cristo por conta da eleição”, e foi enfático: “é mentira que ela foi enganada”. Como ficará a narrativa da “mulher honesta”? 

Apesar de já ser esperada, não deixou de causar surpresa o tamanho da queda da presidente afastada Dilma Rousseff no ranking das mulheres mais 100 mulheres mais poderosas da revista Forbes. A presidente brasileira, que no ano de 2013 chegou a ser considerada pela publicação norte-americana como a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel, agora sequer entrou para o ranking das 100 mulheres, num tombo de mais de 80 posições. A exemplo de Dilma, a ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner também desapareceu da lista este ano, após figurar na 16ª colocação em 2015. Mais uma prova de que o bolivarianismo sulamericano fracassou, e rapidamente vai sendo varrido para a lata de lixo da história.(Postado por Roberto Jefferson )

Deixe uma resposta