Estado continuará sem margem para reajuste de salários em 2017

Para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal o Estado terá continuar apertando as finanças também em 2017. A perspectiva é de que no quesito reajustes salariais a margem do Governo do Piauí fique em apenas R$ 31 milhões.
Os números já foram apresentados pelo secretário de planejamento do Estado, Antonio Neto. A queda dos recursos obedece a queda dos repasses para o Estado, que vem caindo. Em 2012 as Receitas Correntes Líquidas do Estado cresceram 13,76% e em 2015 o crescimento caiu pela metade comparado aos anos anteriores, ficou em 6,43%. Este ano , até o momento foi de apenas 1,36%.

Deixe uma resposta