PLURALIDADE DE CANDIDATOS É MANOBRA POR CARGOS

PLURALIDADE DE CANDIDATOS NA CÂMARA É ‘MANOBRA’ POR CARGOS
                                          Heráclito Fortes cotado
 grande número de deputados candidatos à Presidência da Câmara pode servir como estratégia da turma do “baixo clero” para compor com candidatos viáveis, garantindo uma “fatia” dos cargos de direção. Beto Mansur (PRB-SP), Rogério Rosso (PSD-DF), Fernando Giacobo (PR-PR), Jovair Arantes (PTB-GO), Osmar Serraglio (PMDB-PR), Antonio Imbassahy (PSDB-BA) e outros já se apresentam como candidatos.
Estão cotados Rodrigo Maia (DEM-RJ), Espiridião Amin (PP-SC) e, do PSB, Hugo Leal (RJ), Júlio Delgado (MG) e Heráclito Fortes (PI).
Consta entre servidores da Câmara que Carlos Manato (SD-ES) é “craque” na composição com candidatos viáveis.
Após deixar a relatoria do caso Eduardo Cunha dizendo estar ameaçado de morte, Fausto Pinato (PP-SP) também quer presidir a Câmara.(Diário do Poder)

Deixe uma resposta