Henrique Pires é exonerado da presidência da Funasa e cargo será para o partido ‘Podemos’

O engenheiro Henrique Pires confirmou na noite desta quinta-feira (20) que deixará a presidência da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Pires – que é amigo pessoal do presidente Michel Temer – sai do cargo para acomodar nomes do novo partido o “Podemos”, ex-PTN (Partido Trabalhista Nacional), extinto em dezembro do ano passado. Presidente nacional do PTN, a deputada Renata Abreu (SP) diz que o nome igual ao do partido espanhol é “apenas uma coincidência” e diz que se inspirou no slogan da campanha de Barack Obama em 2008, “yes, we can” (sim, podemos).A bancada do novo partido tem  13 deputados federais.
“O cargo está à disposição do presidente. O mais importante neste momento é aprovação das reformas. Saio do cargo sem mágoas e pelo contrário muito agradecido pela confiança”, afirmou Henrique Pires.
O piauiense comandou a Funasa no governo Dilma Rousseff e por 10 meses na gestão Temer.
“Sou soldado do presidente Michel Temer e do PMDB. Teve uma época em que as pessoas diziam que eu ia sair do partido, mas vou continuar no PMDB, pois dentro ou fora do governo vou continuar lutando pelo Piauí”.(cidadeverde.com)

Deixe uma resposta