Prefeito Mão Santa retorna de Brasília satisfeito e anuncia recursos para conclusão de obras paralisadas

O
prefeito de Parnaíba, Mão Santa, retornou de Brasília na manhã de hoje e disse que os contatos mantidos na capital federal geraram resultados além do
esperado, porque foi possível audiências não só com os ministros da educação e do Meio Ambiente, anteriormente agendadas, mas  também com outros ministros e representantes da bancada federal do Piauí.
Acompanhado
da esposa, Adalgisa Moraes Sousa, da Secretaria do Desenvolvimento Social e
Cidadania (Sedesc) e da secretária da infraestrutura, Maria das Graças Nunes,
Mão Santa disse que conseguiu junto ao Senador Ciro Nogueira, o repasse dos
recursos necessários para que seja feita a liberação, via governo do
Estado, da quantia que falta para a conclusão da Upa 24 horas de Parnaíba, que
foi deixada pelo ex-prefeito Florentino Neto, com obras paralisadas e débitos
junto à construtora contratada.
Obras federais
Mão Santa informou que conseguiu recursos federais para
retomar as outras obras que estavam igualmente paralisadas, por problemas de
inadimplência, “por incompetência e negligência da gestão passada, que não prestou
de contas, o que estava travando o envio de novos recursos”.
Secretária Gracinha
No
Ministério da Educação, por exemplo, foram assegurados recursos que vão permitir a construção
de novas estruturas para o CAIC e a Escola Roland Jacob. “Pleiteamos e,
de pronto, o ministro da educação, Mendonça Filho, determinou que o FNDE ( Fundo Nacional de Desenvolvimento
da Educação) libere os recursos para a conclusão de 3 creches, cujas obras
estão em execução. “Pleiteamos também os recursos para 4 obras do PAR (Planos de Ações Articuladas) que
foram abandonadas pela gestão anterior, além de havermos conseguido ainda sensibilizar
o Ministro da Educação,  em relação ao
CAIC e à Escola Roland Jacob.  Ele garantiu a construção de um anexo novo, com 12 novas salas para o Caic e
12 para o Roland”, disse a secretária Maria das Graças, assegurando que  a previsão da Seinfra é que algumas dessas
obras sejam concluídas ainda este ano.
Quanto às obras de uma creche que estava “perdida” no bairro
Rosápolis, “o FNDE, por entender a situação e acreditando na seriedade desta
nova gestão, autorizou a alimentar o sistema e o Ministro Mendonça Filho garantiu
os recursos para a conclusão.
Outros Ministérios
                                 Com João Henrique Sousa
Junto ao Ministério da integração, o Ministro Helder Barbalho
garantiu para este ano, segundo a secretária Maria das Graças, os recursos, de R$ 1.600.000,00 para que a
Prefeitura realize a intervenção que pretende no Mercado da Rua Caramuru.No
Ministério do Turismo foram assegurados recursos para a execução de um Projeto
da Pedra do Sal, que já está no Ministério, no valor de R$ 1.600.000,000, afora outros investimentos, totalizando  2 milhos de reais.
O Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, se comprometeu, por outro lado, junto ao Presidente Nacional do SESI, João Henrique
Sousa, envidar esforços para que o governo federal conclua a segunda etapa dos Tabuleiros Litorâneos.
Quanto à Lagoa do Bebedouro, o ex-presidente Sarney assegurou que vai trabalhar
também junto ao seu filho, para viabilizar recursos para revitalização do
local, um dos mais aprazíveis que Parnaíba possui, mas que não tem recebido
atenção devida dos seus governantes.
SEDESC
A primeira dama, Adalgisa Moraes Sousa, também retornou muito
contente por haver conseguido cerca de 400 Cartões Reforma, quando tratou
também do Programa Minha Casa Minha Vida 2017, que está sendo retomado pelo governo
federal, além de haver assegurado recursos para a construção no município de novos Centros de
Referência em Assistência Social – CRAS.
O prefeito Mão Santa conseguiu ainda reunir boa parte da bancada
federal, na audiência com o ministro da educação, na qual foi acompanhado pelos
deputados Átila Lira, Paes Landim e Marcelo Castro, além do senador Elmano
Ferrer.

Deixe uma resposta